Skip navigation

Uma das garotas mais corajosas e inteligentes que eu conheço. Uma vez eu fui passar o dia em uma outra cidade, só porque sim, e ela se auto-convidou, e a gente andou e conversou um monte, bem lindo. E daí a gente foi andar de pedalinho. E estávamos os dois no meio de um lago longe de tudo e eu falei pra ela que se ela quisesse abusar de mim aquele seria o momento ideal. Ela respondeu que era mesmo. E ficamos em silêncio. Depois de noite ela comprou um monte de pinga, bebeu como uma louca, me levou pro quarto e me agarrou. Depois, não sei bem porque, eu falei de alguma coisa mais ou menos do tipo que talvez tivesse sido mais decente da minha parte não pegar ela quando ela estivesse bêbada, e ela perguntou porque eu achava que ela tinha bebido. ¡¡¡¿Mas eu tinha me entregado numa bandeja?!!!

E essa é uma das garotas mais bravas que eu conheço. Uma pessoa que tem a incrível força de ser quem ela é, tanto tanto que só quem conhece entende. E ainda assim, em algum lugar, ela queria que eu catasse ela e não o contrário. As garotas comuns, então… Parecem todas querer ser colhidas, como uma flor.

Há muitas maldições e calamidades nesse mundo, mas nenhuma parece tão completa e inescapável. E eu não entendo o por quê.

[N.: eu sei que em algum nível partilhar essa memória é uma forma de te trair, e eu queria muito muito poder pedir desculpas mas eu não posso. Você é tão linda como o vento.]

[transf tumbr]

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: