Skip navigation

A política hoje está sendo reescrita.

Um lado desse processo é uma reavaliação das forças, por assim dizer, libidinosas. Ou seja, em parte a sociedade quer rever e reestruturar a sua relação com o sexo. Muitas vezes as pessoas tentam colocar isso como uma mudança pequena, como se não fizesse tanta diferença assim, como se no fundo sempre foi “um segredo que todo mundo sabia”, e que a única diferença é que agora dizemos coisas que antes ficavam subentendidas. Mas isso é traiçoeiro: Sempre existiram homossexuais, é claro, mas dizer que a homossexualidade de alguém deve ser critério de organização do seu projeto de vida é tão radical quanto dizer que alguém tem o direito de pedir divórcio o parceiro não mandou bem na última trepada. Eu, individualmente, intimamente, sou ligado à ideologia feminista e a defendo. Mas também reconheço a lógica do meme da [Ditadura Gayzista] e acho que é importante assumir que quando a ideologia de gênero se coloca como uma “não ideologia” está fazendo o mesmo que o machismo fazia antes, ou seja, naturalizando-se.

Longa história. E, entretanto, o arquétipo contrário da libidinosidade parece se apagar. Como tudo que é renegado, ele volta em seu pior aspecto. Talvez, portanto, seja preciso reavaliar também as forças da agressividade. Read More »

Advertisements

Conceitualmente, Enéas era de direita, mas é fácil imaginar que se Enéas tivesse ganho a eleição, FHC ia querer morrer.

Da mesma forma, a vitória de Jair Bolsonaro no segundo turno será a maior derrota da direita brasileira. Derrota da direita, e não da esquerda. Parece maluco dizer isso, mas não é a única coisa de ponta cabeça no cenário atual. Read More »

There was a big fight over Quantum Physics, in which Einstein defended Realism and Bohr defended Instrumentalism. That is a massive simplification, it seems, but it is an accepted-enough® simplification, so much so that this pseudo-quote is assigned to Bohr by PBS Space Time:

“It is meaningless to assign reality to the universe in the absence of observation”

That is a dumb simplification, but the dumbness might not be so clear. So. Read More »

Outro dia no Tinder, alguém tava reclamando do baixo nível das cantadas ali, e é claro que o nível é baixíssimo, mas fiquei pensando… Não me parece uma coisa assim tão ruim que o Tinder seja baixaria. Ou melhor, me parece que a baixaria do Tinder seja resultado de pessoas ruins, mas de uma situação geopolítica em que a baixaria é a forma de comunicação menos pior disponível para pessoas normais. Read More »